Texto 1

“A força policial no Rio de Janeiro, e em qualquer lugar, sucateada não atende às necessidades de segurança da população. O senhor general vai apresentar as suas necessidades e obviamente o compromisso do presidente Temer é de procurar atender essas demandas”, disse Jungmann, ministro da Defesa. [protected]

Dados do orçamento mostram a redução dos investimentos nas forças policiais do estado nos últimos anos. De acordo com a Contadoria Geral do Estado, o Rio só utilizou 78% do orçamento inicial da área de segurança em 2017.

Foram gastos R$ 8,5 bilhões, mais do que as despesas nas áreas de saúde e de educação. Mas quase 90% dos gastos com a área de segurança foram para o pagamento de pessoal e a administração. (Disponível em http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/02/para-exercito-e-essencial-investir-na-estrutura-da-seguranca-publica-do-rj.html). Acesso em 25 fev. 2018.)

  

Texto 2

Quando o México acordou, os traficantes e o Exército nas ruas continuavam lá. Quase onze anos após Felipe Calderón decidir em seu décimo dia como presidente, em 10 de dezembro de 2006, enviar 6.500 soldados a sua Michoacán natal para sufocar a violência e a impunidade, o balanço da chamada “guerra contra o tráfico” não pode ser mais desalentador. Quase 200.000 mortos, 23.000 desaparecidos, numerosas denúncias por violações dos direitos humanos, casos emblemáticos como os 43 estudantes de Ayotzinapa desaparecidos há quatro anos, o mês de janeiro de 2018 mais violento desde 1991 com mais de 2.000 mortos e cartéis da droga cada vez mais fragmentados e incontroláveis que todos os dias mancham de sangue a geografia mexicana. (Disponível em http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/02/para-exercito-e-essencial-investir-na-estrutura-da-seguranca-publica-do-rj.html. Acesso em 25 fev. 2018.)

 

Texto 3

“Nossa Constituição não diz o que é segurança pública, nenhuma lei diz que segurança pública é proteger a população ou investigar criminoso, só diz por quem a segurança vai ser exercida”, disse Lima, diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

“Então segurança é um conceito que ganha significado no dia a dia da prática policial. Se olharmos para a história das instituições policiais hoje, muitas estão reguladas por outro conceito de segurança, que é a manutenção de um modelo de ordem pública, de uma situação em que o Brasil tem um inimigo interno. A lógica é que o tráfico é o inimigo a ser combatido e deixamos de lado uma série de problemas ligados à preservação da vida”, explica.

Para Lima, um bom conceito de segurança pública seria prevenção, investigação e punição de responsáveis por atos de violência e criminalidade e administração de conflitos para garantir direitos básicos da população para que ela possa exercer outros direitos da cidadania, como sair de casa, ir ao médico e trabalhar. (Adaptado de em http://www.bbc.com/portuguese/brasil-38909715. Acesso em 25 fev. 2018.)

 

[box]

Os textos acima tratam de um assunto muito relevante nos dias atuais: violência e segurança pública. Com base nos textos acima e nos seus conhecimentos de mundo, escreva um texto dissertativo-argumentativo sobre o seguinte tema:

Segurança pública: como vencer esse desafio?

[/box] [/protected]