Olá, vestibulando

Dando continuidade ao nosso último post, hoje vamos falar um pouco mais sobre como se preparar bem para a prova do vestibular, discutindo a importância de inserir no cronograma de estudos a resolução e a análise de provas aplicadas nos últimos anos.

 

true_falsePrimeiramente, é importante saber como você está estudando. Tem feito exercícios para verificar seu desempenho em cada matéria? Tem praticado a escrita da redação em vista de seu domínio lexical, gramatical e argumentativo? Provavelmente, sim, não é mesmo? Mas você está direcionando seus estudos, analisando provas de vestibulares anteriores, das universidades que pretende cursar, ou tem apenas utilizado apostilas e resumos?

 

rulesCertamente, assistir a aulas, ter um bom material didático à disposição e resolver exercícios ajuda muito a se preparar bem para a prova do vestibular. Porém, como já dissemos no último texto, traçar metas e conhecer o estilo da prova que se vai realizar é essencial. Portanto, se você já sabe em qual universidade deseja realizar o curso escolhido, vale baixar as provas dos últimos anos e, a partir delas, testar os seus conhecimentos.

 

ideaAlém de essa prática ser interessante para verificar quais pontos você precisa estudar mais, ela também ajuda a conhecer melhor o estilo de questões daquele processo seletivo em questão. Podemos citar como exemplo o ENEM, que nos últimos anos modificou o estilo do exame, desde a quantidade de questões exigida dos candidatos até a maneira como relaciona os conteúdos. Logo, para conhecer melhor a prova, você deve estudar, preferencialmente, as dos últimos anos apenas, pois as mais antigas podem estar ultrapassadas.

 

timeAlém disso, você pode aproveitar que tem um exame completo em mãos e fazer um treino “de olho no relógio”. Isso mesmo! Muitos vestibulandos, por não estarem habituados a realizar longas provas, ficam muito cansados e, por consequência, perdem-se no tempo, “chutam” várias questões e deixam a ansiedade prejudicar a resolução dos exercícios. Então, exercitar o tempo pode ajudar.

Soma-se a isso a possibilidade de se encontrar, ainda, resoluções comentadas. Após o término da prova, você pode conferir suas respostas com as esperadas pela instituição que elaborou o questionário. A UNICAMP, por exemplo, por meio da COMVEST, disponibiliza esse material na internet.

 

poll_topic_filledDessa forma, você pode, vestibulando, ir mapeando seu avanço. Vá anotando quanto tempo demora para finalizar a resolução dos exercícios, qual a quantidade de acertos em cada matéria e, à medida que realiza novos testes, perceba se há melhora em seus resultados. Utilize-os para identificar suas dificuldades e, assim, solucioná-las. Dessa maneira, com persistência e dedicação, você ficará muito mais perto de atingir seus objetivos.

 

E então, vamos começar essa nova etapa de estudos?

 

Bom trabalho e até a próxima!

Profª Aline